Nenhum icone

Feira do Artesanato Mundial reúne a produção de 400 artistas, em Belém

Começa neste sábado (3), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, a segunda edição da Feira do Artesanato Paraense e Feira do Artesanato Mundial (FAM). Durante os nove dias da programação, a organização espera receber 55 mil visitantes, para conhecer a produção de 150 artesãos do Brasil e do mundo. O Pará estará representado por 269 artesãos de 33 municípios.

Cestaria, móveis feitos com madeira de demolição, arte floral, produtos de miriti, alimentos, produtos in natura, tapetes, luminárias e cristais estão entre os mais de dez mil itens colocados à disposição do público visitante. "No ano passado só os artesão paraenses movimentaram, em venda direta nos estandes, R$ 230 mil, marca que deve ser ultrapassada em pelo menos 15% este ano", acredita Atenilda Alencar, diretora da Feira do Artesanato Paraense.

Dados da Secretaria de Trabalho e Renda (Seter) dão conta, ainda, de que ao longo desse primeiro ano após a realização da 1ª Feira do Artesanato, os negócios em longo prazo realizados pelos artesãos paraenses já ultrapassam meio milhão de reais. “Esse é o nosso propósito, divulgar e fortalecer todo o potencial que temos disponível aqui. Nossos produtos tem qualidade e a nossa busca é pelo aperfeiçoamento”, ressalta Atenilda.

Comentários